Marketing Digital

Sintomas de ansiedade no empreendedor digital – Como Controlar

Se você é um empreendedor digital, deve saber mais do que ninguém como é duro a pressão para ter resultados. A tensão, a carga de estresse gera um problema chamado: Ansiedade e/ou síndrome do pânico!  Nesse artigo vou mostrar as principais causas e sintomas de ansiedade e como controlar esse mal que pode atrapalhar demais nossa vida.

Por que esse artigo é importante? Seja você empreendedor digital ou não, mas que sofre de ansiedade ou síndrome do pânico, vai concordar comigo que o nosso dia se torna cinzento, sem cor, e as limitações que nosso corpo impõe nos impede de simplesmente viver.

Imagine você controlar seu pânico em frações de minutos e poder curtir sua vida com mais qualidade. Gostaria? É isso que vou mostrar.

Sintomas de ansiedade – Quais você sente?

Sintomas de Ansiedade - Empreendedorismo digital - Quero renda extra

Pense na seguinte situação: Depois de um dia cheio no seu trabalho, tudo o que você quer é deitar e dormir.

Você janta, assiste um pouco de Tv e vai se deitar. Porém, por algum motivo alheio a nosso conhecimento, você acorda no meio da noite com o coração muito acelerado! Começa a suar frio, falta o fôlego e o medo da morte por causa de um ataque iminente do coração paira no ar!

Você pensa: “Meu Deus, sou jovem demais para morrer!” Quanto mais pensa nisso, mais o medo de morrer ali mesmo aumenta! Sua respiração fica acelerada, a sua visão meio que escurece, sente uma tontura e implora para ser levado ao hospital.

Estranhamente, ao chegar no hospital, o médico te examina e está tudo “ok” com você! Não pede nenhum exame complementar e diz apenas para ir pra casa, relaxar e dormir.

O que poderia ser motivo de alívio para uns, para você não! Você pensa: “E se o médico estiver errado? E se eu estiver com um grave problema de coração? Não seria melhor ele me examinar com mais interesse?

Pronto. A partir daí você toda vez que vai chegando a noite e a hora de dormir vem o pensamento: “E se eu sentir aquilo novamente? E se eu morrer hoje? E se na próxima vez que eu sentir isso eu estiver sozinho? quem vai me ajudar?

Com esses pensamentos ruins, acompanha os seguintes sintomas (ou alguns deles, ou todos eles ao mesmo tempo):

  • Dor no peito
  • Taquicardia (batimentos cardíacos acima de 100 BPM)
  • Sudorese
  • Dores de cabeça (as vezes muito forte)
  • Dor cervical
  • Dor de estômago
  • Tremedeira
  • Intenso medo de morrer
  • Falta de ar
  • Respiração curta
  • Aumento súbito da pressão sanguínea
  • Tontura
  • Rigidez do Maxilar
  • Fotossensibilidade (quando dói a “vista” por causa da luz)
  • Medo de sair de casa
  • Medo de falar com pessoas
  • Bruxismo (ranger os dentes enquanto dorme)
  • Insônia
  • Falta de concentração
  • Perda da produtividade

Você pensa: “Mas eu não era assim! Estou mesmo prestes a morrer? E por que está acontecendo isso comigo? Não faz sentido o médico dizer que sou saudável com tantos sintomas ruins!”

Na busca da cura de algo que você ainda não imagina o que seja,  gasta milhares de reais em exames com cardiologista, neurologista, gastro, clinico geral, etc..

Depois de passar por uma maratona de exames, eles (os médicos) perguntam: Já foi em um psiquiatra ou psicólogo? Indicando que você tem transtorno de ansiedade, e/ou síndrome do pânico! Essa pergunta tende a gerar um preconceito em nós mesmos!  Muitos de nós ao ouvir isso de um médico pensamos ou dizemos:

Doutor, eu não estou “maluco”, eu sei o que eu senti e ainda sinto! Vocês que são incompetentes para descobrir o que eu tenho e ficam inventando que estou “doido!”

Vamos esclarecer algumas coisas! 🙂

Primeiro: Quem disse que psiquiatra e psicólogos ajudam apenas quem tem problema de “demência?”

Uma coisa é certa: Esses profissionais tem total capacidade de ajudar a descobrir onde está a raiz dos nossos problemas, bem como tratar desses “sintomas físicos” que sentimos,  pois são gerados à partir de um problema criado pela nossa mente! 🙂

Se você acertadamente fez uma bateria de exames e nada de mais foi encontrado e foi-lhe sugerido procurar cura emocional, você com certeza tem um transtorno de ansiedade, podendo se manifestar como Ansiedade intensa, TAG (ansiedade generalizada), Síndrome do pânico, ou mesmo uma “descarga adrenérgica” (uma taquicardia assustadora que desaparece em minutos). Saiba que tudo isso pode ser controlado com uma boa conversa, e a chave para o controle dessas coisas é descobrir a raiz disso tudo estar acontecendo com você, e se você não tem a menor ideia, um bom psicólogo ou psiquiatra pode te ajudar a achar na sua mente! 😀

A raiz dos Sintomas de Ansiedade

Como controlar a ansiedade - Empreendedorismo digital - Quero renda extra

Sim, está na nossa mente! Isso é possível porque o cérebro é o responsável direto em produzir sensações corporais quando nos sentimos bem, quando estamos felizes, tristes ou doentes!

Dinâmica: Imagina uma pessoa apreciando um limão! Por que será que só de imaginar aquele limão muito azedo, a nossa boca enche de água?

ansiedade - pânico - dinâmica - limão

Se a sua boca assim como a minha enquanto escrevo esse artigo enche de água só de imaginar a cena, isso mostra como nosso cérebro é espertinho! Ele pode simular sensações!

Ele pode simular sensações boas, mas também pode simular sensações ruins, como aquela dor de cabeça que ficamos pensando que podemos a qualquer momento sentir, e de “repente”, plim, lá está ela! 🙁

Mais que isso, nosso cérebro pode nos preparar para o perigo iminente!

Por exemplo: Quando um cachorro raivoso corre em nossa direção, no nosso cérebro soa um alarme de perigo iminente e envia informações para o corpo todo! O coração dispara bombeando sangue com adrenalina e conseguimos correr como o “flash”, ou pular de um muro como o “Fofão” da “Carreta Furacão”, mesmo que não tenhamos esse dom! 🙂

Isso é possível graças a descarga de Adrenalina que o corpo recebe, aumentando os batimentos cardíacos, irrigando de sangue nosso corpo de uma forma intensa, nos dando quase “super-poderes”. Após o ato “heroico”, sentimos o coração querendo sair pela boca! hahahah 😀  É uma sensação perfeitamente normal e saudável.

Ou quando estamos com alguma problema no corpo, por qualquer motivo simples ou mais sério, nosso cérebro mostra pra nos onde está o problema em forma de dor! Assim podemos tratar do problema com mais precisão.

Porém, quando temos um transtorno de ansiedade, seja manifestado pela ansiedade, panico ou descarga adrenérgica, o nosso cérebro soa o alarme sem um real motivo para soar o alarme, e sentimos coisas estranhas em estado de repouso: (dormindo, lendo um bom livro, assistindo um filme, em uma fila de banco, etc..)

E é o psicólogo ou psiquiatra que vai ajudar você a identificar esse “defeito” da nossa mente.

Para empreendedores, uma causa muito comum para esse transtorno é por pressão por resultados! 🙁

Amigos, familiares que poderiam estar nos incentivando, preferem e acham mais cômodo dizer que você tem que parar com o que está fazendo! Que deve pensar no seu futuro e de sua família. Dizem que você vai passar fome, pode ficar louco, etc. Mesmo que fingimos que ignoramos essa mensagem e no início levamos tudo numa boa, o subconsciente começa a cobrar resultados para dar uma resposta para a sociedade, e logo a ansiedade começa a ir se instalando ate se transformar em um transtorno, causando sintomas psicológicos e infelizmente sintomas físicos também!

Com isso perdemos a qualidade de vida, a nossa produtividade fica baixa, e tudo começa a se resumir em ficar trancado dentro do quarto e indo a pronto socorro em busca de ajuda.

Mas e se eu falar que tem como prever e cortar o efeito ruim de uma crise de pânico? 🙂 É isso que vou mostrar agora!

Cortando o ciclo do pânico – Aprenda como controlar a ansiedade

De maneira simples, podemos dizer que os ataque de pânico ou ansiedade tem um ciclo muito chato que são:

Medo —-> liberação de adrenalina na corrente sanguínea —-> Taquicardia —-> alguns ou todos os sintomas  físicos citados acima —–> e repete o ciclo —> Mais medo —-> mais liberação de adrenalina —> etc…

Eu sei perfeitamente o que você sente pois eu sou portador desse problema, mas eu aprendi a controlar!

Entre 2011 e 2014 tive crises terríveis! Mas hoje, eu apesar de ter o problema, ele não se manifesta mais devido ao controle que eu aprendi a desenvolver! 🙂

É simples, e talvez você até já tenha ouvido falar, talvez tentou uma vez, mas devido a alguma crença limitante da sua mente, a técnica não funcionou e você simplesmente abandonou. Eu estou falando da Respiração Diafragmática!

Por que ela funciona?

Quando estamos entrando em pânico, o coração começa a acelerar devido a liberação da adrenalina, e isso faz com que respiremos de maneira errada, respirando rapidamente enchendo o peito de ar e soltando o ar de maneira rápida. Esse processo contribui para que o coração acelere mais e todo aquele ciclo de sintomas e medos, o que chamamos de hiperventilação.

E como fazer a respiração diafragmática de maneira correta para cortar uma crise de ansiedade ou pânico?

Primeiramente saiba onde fica o diafragma. (Veja a imagem abaixo)

diafragma

Como pode ver, o diafragma é uma peça importante na respiração e fica um pouco acima do estômago.

É um mito achar que o diafragma infla (ou enche de ar). Mas quando direcionamos o ar para nossa “barriga” e não para o peito, o diafragma trabalha melhor e o processo de respirar pelo nariz enchendo a “barriga” de ar, segurando por uns 3 segundos e soltando o ar devagar pela boca, tem um efeito PODEROSO no nosso organismo a ponto de cortar uma crise de pânico!

Mas por que? Simples, o cérebro reage aos sinais do coração. Se ele acelera o cérebro acha que algum perigo está para acontecer e libera a adrenalina..Mas se o pânico está chegando e paramos por 5 minutos em média para fazer a respiração diafragmática pausadamente, o coração vai regular os batimentos, e assim sendo, o cérebro não vai identificar nenhum perigo iminente e não vai liberar adrenalina para o coração!

Como se faz na prática? Veja essa imagem:

respiracao diafragmatica

Com uma mão na barriga e outra no peito, encha a “barriga” de ar respirando pelo nariz (nunca pela boca) e controle isso usando as mãos (assim verá se está enchendo mesmo a barriga). Prenda o ar por 3 segundos e solte devagar pela boca. Enquanto faz esse processo, lembre-se que seus exames confirmam que você é uma pessoa fisicamente saudável, e que isso não passa de sensações ruins que logo vão embora! Se você nunca morreu com uma crise dessas, por que hoje você vai morrer por causa dela? Panico e ansiedade não mata! 😉  lembre-se disso! 😀

(PS. Estou me referindo a uma pessoa que comprovado por exame, é uma pessoa clinicamente saudável e sofre de pânico, não me referindo a uma pessoa com alguma cardiopatia séria e que sofre de pânico).

Repita esse processo de 3 a 5 minutos e acredite: O Pânico vai embora!

Una isso a exercícios leves (procure um médico para uma avaliação física e ver se pode fazer atividades como caminhada, corrida, levantar algum peso, etc..). Alimentação rica em “hormônios da felicidade” como a “Serotonina e endorfina” que podem ser encontrados no chocolate, castanhas, banana, espinafre, ovos, laranja, aveia, alface, pimenta malagueta, alimentos integrais, etc..

Foi isso que me salvou! 😀 Estava achando que jamais recuperaria a alegria de sair com os amigos, ir a um cinema, tomar um chopp com os amigos em um barzinho, e acredite, achei que nunca poderia entrar em um avião para fazer uma viajem de passeio ou de negócios. Mais que isso, achei que não poderia mais trabalhar com o que eu amo e acredito! 🙁

Mas aqui estou eu! 😀 Se já fez a respiração diafragmática alguma vez, mas sem levar a sério, faça novamente levando à sério e acredite que funciona, porque realmente funciona!

Veja essas fotografias! Ambas sou eu. a que estou mais gordinho com semblante indiferente foi em 2012 e outra em 2015.

Sindrome do panico e ansiedade controlada - Eduardo Santana empreendedor digital

Pior que em ambas as fotos eu estava “sorrindo”, mas é evidente a diferença do humor de uma para outra não é mesmo? 😀 Como pode ver, eu controlei a ansiedade! Eu estava pré-diabético por estar sedentário (fazer exercícios me deixava apavorado com medo de infartar).. Eu bebia muito refrigerante, comia muito doce, tudo por compulsão.. E estava quase depressivo, achando que minha vida seria assim para sempre!

Por isso que eu falo que permitir que a ansiedade se instale em você, ela em si não vai te matar, mas se permitir que ela te controle sempre, pode atrair doenças físicas muito ruins como a diabetes (se a pessoa fica compulsiva em comer besteiras), Hipertensão arterial já que a adrenalina e os batimentos estão a mil o tempo todo, enxaqueca.. depressão, etc 🙁

Então não basta apenas cortar o pânico! Isso é ótimo pra manter o equilíbrio, mas a real necessidade é ter o controle no dia a dia, ter seus pensamentos no devido lugar! E isso significa uma mudança completa de pensamento (mentalidade), rotina, etc.

Para esse artigo não ficar maior do que está, eu separei uma série de vídeos para ajudar você a não apenas cortar um ataque de ansiedade, mas como ter o pleno controle de sua vida!

Se sua vida está bem como está, ou acha que bastando cortar a crise de momento já está ótimo, fique com essa minha dica que passei e desconsidere essa série de vídeos!

Mas se você quer mais do que cortar uma crise, quer tirar os pensamentos ruins, negativos, que nos prende dentro da nossa casa e acinzenta essa vida colorida, cadastre-se para aprender a recuperar os “bons tempos” novamente com os vídeos que separei para você! 😀

setas-vender-marketing-afiliados-Eduardo Santana

Ansiedade - Pânico - vida - controle

Tome uma decisão em favor da sua saúde e de sua qualidade de vida! Tenho certeza que esse material vai ser um divisor de águas na sua vida! 😀 Aproveite e comente o que achou desse material, seja você empreendedor digital ou não! 😉

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

CommentLuv badge

4 Comentários

  1. Reiki Brasil disse:

    O Reiki é uma ferramenta fantástica que pode auxiliar na redução da ansiedade. Abraços.

  2. Muito bom seu artigo, estava procurando um artigo legal e bacana sobre exatamente esse assunto, e você foi direto ao ponto.

  3. valti disse:

    Excelente artigo ansiedade é o que mais acontece hoje em dia com a maioria das pessoas e no marketing digital não seria muito diferente.