Marketing Digital

Mister Colibri e o marketing de rede

Mister Colibri está sendo investigada por SUSPEITA de fraude e esquema de piramide! O que isso tem a ver com você que é parceiro de negócio dessa empresa ou de você que nem sabia da existência dessa empresa?

Vamos entender o caso nesse post.

 

Mister Colibri e o Marketing de rede

A Mister colibri tem como projeto proporcionar renda extra a milhões de pessoas que vejam videos publicitários em escritórios virtuais da empresa em troca de dinheiro. Isso é um projeto inovador, pois os anunciante tinha garantias que seu anuncio seria visto por milhares de pessoas a um custo muito inferior comparado ao que canais de TV cobrariam.

Alem disso, existe a possibilidade da pessoa que estiver assistindo a propaganda se interessar pelo o que viu e se tornar um cliente da empresa que fez a publicidade.

Em cima disso, muitos estavam vendo na Mister Colibri uma ótima oportunidade de fazer um negócio em casa, sem complicações, sem vendas, de certa forma até divertido e lucrativo.

A empresa pagava o dinheiro “certinho” e em rede. Assim quanto mais pessoas trouxesse, melhor seria, e ninguém ficaria sem ganhar dinheiro já que ganhavam por ver os vídeos.

 Mister Colibri – As primeiras dificuldades

Provavelmente por falta de novos investidores na publicidade oferecida pela Mister Colibri, estava ficando difícil continuar pagando tanta gente que tinha entendido a “proposta de negócio” e adquirido seu pacote para ver vídeos e ser remunerado por isso.

Qual foi a solução? Deixar de pagar em dinheiro e criar uma “solução”  rápida, uma moeda interna chamada LP, prometendo que a mesma teria um valor de mercado como o Dollar, e quem acreditasse nessa moeda e a comprasse, logo que a empresa voltasse a pagar em dinheiro os “lps” estariam valendo muito dinheiro.

Mister Colibri

Resultado? Muitos entenderam e por acreditar na empresa começaram a “negociar” seus lps e ignorar o fato de não receberem mais dinheiro.

Nisso quem tinha 4 mil, 12 mil “lps” vendia saía postando nas redes sociais seus “resultados” apenas por ver vídeos “publicitários”.

Pequenas “casas de câmbio Mister Colibri” eram abertas em várias cidades do país onde pessoas que acharam excelente a idéia de trocar seus lps pelo dollar na cotação vigente, passaram a comprar os lps de associados em dinheiro vivo.

Tudo estaria ótimo se não fosse o fato da empresa estar saturada de vendedores de LP e não investidores em “publicidade” ou até mesmo de novos associados ao projeto.

Resultado? Começou a haver uma “desvalorização” da moeda interna da Mister Colibri, desvalorização essa por parte dos próprios associados, que para recuperar logo seu dinheiro vendiam por valores mais “modestos”.

Por exemplo:

Se 1 lp valesse R$1,00 na venda, tinha gente baixando pra R$0,80 e ja outros caindo pra R$0,50 (esses valores não são reais, é apenas para efeito de comparação)

Em outras palavras: – Não estava mais sendo lucrativo comprar LP, e ao mesmo tempo a empresa não se manifestava sobre o assunto.

Por causa disso a suspeita de fraude por causa da Mister Colibri  não ter um “produto ou serviço real”, e ao mesmo tempo receber dinheiro dos novos associados e pagar com dinheiro de “mentirinha” seus investidores, a empresa começou a ser investigada pela justiça e muitos começaram a sair por que alem de não receber dinheiro real, o que tinham estava desvalorizado demais para compensar a venda 🙁

Mister Colibri e a “cartada de mestre”

A Mister Colibri teve a “brilhante” ideia de criar uma loja virtual completa para seus associados trocar seus Lps por produtos físicos (Tv, computadores, celulares, Ipad, etc..) assim a empresa teria um produto REAL para oferecer.

infelizmente, ja imaginando que os seus associados trocariam seus lps em mercadorias e “pulariam fora” do negócio, a empresa meio que de forma “arbitrária” estipulou uma “cota máxima” do dinheiro acumulado em seu escritório virtual para usar em compra na loja virtual. Agindo assim seguraria os associados que ficariam por um bom tempo na empresa para não perderem seu dinheiro investido.

Isso não agradou a todos os associados que entraram pra ganhar dinheiro e gastar como quiser e não para trocar por produtos estipulados e racionado a forma como era pra ser usado o dinheiro.

Pense comigo.  Não é muito ruim quando você não está satisfeito com um serviço ou produto de uma loja e pede reembolso e eles te dão um vale-compra pra trocar por algo DENTRO DA LOJA? 🙁 É mais ou menos assim que acontece..

E por defender a empresa, insistir que muitos fizessem até empréstimos bancários para investir na Mister Colibri, muitos infelizmente “queimaram seu filme” com pessoas não só próximas a eles mas como outros, fechando assim uma porta para futuros negócios.

O objetivo deste post não é acusar a Mister Colibri de Fraude ou pirâmide, nem defender a mesma de acusações. Antes o meu objetivo é te alertar para escolher bem uma empresa de Marketing de rede.

Jamais entre em uma empresa “por impulso” pois depois pode ter dor de cabeça. Jamais entre em uma empresa baseado no que pode ganhar com ela sem investigar antes o produto ou serviço e principalmente: A forma de trabalho.

Na empresa que eu trabalho, antes de entrar eu procurei analisar todos os fatores necessários para se trabalhar de forma seria e honesta: Legalidade, pagamentos de impostos, o serviço prestado, o custo mensal, etc..

Mas calma, não to tentando te recrutar não 🙂 Na verdade a minha dica é:

Trabalhe no seu Marketing pessoal e não apenas para sua empresa de marketing de rede! Como assim?

Quando você trabalha seu marketing pessoal  e está em uma empresa na qual ja verificou tudo (legalidade, produtos, gastos mensais, ou seja, o “custo-benefício), basta ter contatos com quem falar e saber conversar com as pessoas para não parecer o  “chato do mmn”.

Assim, não importa em que empresa você esteja (claro que verificando a legalidade da mesma antes), você terá sempre pessoas com quem falar, e credibilidade para ter muitas pessoas querendo trabalhar com você 😀

Recomendo que conheça o curso do responsável por patrocinar pessoalmente 1000 pesssoas espalhadas pelo MUNDO em sua organização, o Rui Ludovino.

Este curso chama-se “A Arte do Patrocínio” e eu tenho certeza que assim como eu hoje não tenho necessidade de sair gritando na internet que minha empresa de marketing de rede é a melhor ou que tem os melhores produtos, ou é a que paga mais, etc.. e mesmo assim tenho 10 pessoas por dia para falar e sei o que falar, você terá o mesmo benefício se não mais 😀

Conheça o curso, cadastre-se e veja o vídeo gratuito sobre o curso, e analise se não é isso o que falta para você ter sucesso na sua empresa de marketing de rede, SEJA ELA QUAL FOR, mesmo que tenha acabado de sair da Mister Colibri!


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

29 Comentários

  1. Ola Edu, tudo bom

    Eu fiquei sabendo dessa situação da Mister Colibri, mas nem me interessei em aprofundar nesse assunto.

    Incrível como em menos de 2 meses, 2 empresas de MMN quebraram e lesaram milhares de pessoas (acredito).

    Gostei da forma que abordou nesse assunto um pouco polêmico por sinal. Confesso que depois de ter conhecido a proposta da M.C achei bem interessante inovador, mais tava na cara que não iria ser auto-sustentável.

    Uma Pena, a vida segue!

    Abraços e Sucesso Edu

    • Eduardo Santana disse:

      Olá amigo Marcelo! Obrigado pelo teu comentário 😀 Realmente a proposta era muito boa. Apesar de eu não ter feito parte, não fiquei feliz com o rumo que a empresa tomou. Torço que todos encontrem seu caminho, e é aquilo que eu disse: Focar no marketing pessoal e em profissionalismo é muito melhor e mais lucrativo à longo prazo 😀 E que isso não faça as pessoas desistirem do MMN pois “uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”.. rsrsrs 😀 Abraçao

  2. Caro Eduardo,

    Acredito que todos nós ou então pelo menos a grande maioria já teve alguma decepção com MMN. Eu mesmo já tive meus problemas com isso, e problemas que me geraram dívidas monstruosas – tipo monstro do lago ness, hehe.

    Mas, sua abordagem sobre o nosso marketing pessoal frente a tais questões do mercado de MMN é que faz e fará toda diferença na hora de selecionar uma empresa ou negócio para entrar e desenvolver um trabalho.

    E o melhor de tudo é que nós que trabalhamos com internet marketing não dependemos 100% do MMN, por isso é tão recompensador esta atividade, muitas oportunidades, muito desenvolvimento pessoal, muito network, e mesmo com muita concorrência, acredito que há lugar ao Sol pra todos ( que trabalham claro ).
    Parabéns por este artigo e não é por nada não, mas só pelo nome do negócio (mr. Colibri) eu já ficaria com pé atrás… o nomezinho esquisito não, hehe.

    Paz, saúde e sucesso pra ti.
    Até breve.

    • Eduardo Santana disse:

      Hahahahah.. 😀 Olá amigo Juliano! 😀 É aquela máxima: “Deposite seus ovos em várias cestas”.. Independente da empresa de marketing de rede que se faça parte (desde que legalizada e honesta), uni-la ao internet marketing nos da verdadeira múltiplas fontes de renda, dando mais dinheiro e tempo para desenvolver com QUALIDADE os nossos projetos.. 😀
      Muito obrigado pelo comentario! Abração 😀

  3. Prezado Internet Marketer Eduardo Santana,
    Achei inteligente a forma como abordaste a situação ocorrida com a Mister Colibri.
    Assim como aconteceu com a MC, estou ciente que mais 3 empresas no Brasil foram denunciadas pelo Ministério Público e estão sujeitas a passarem pela mesma situação, ou até pior que isso.
    Infelizmente, pessoas honestas e cheias de sonhos, que divulgam essas “empresas de MMN”, correm o risco de serem processadas ou até mesmo presas.
    Eu demorei muito a me envolver com o MMN e só decidi participar de uma empresa, depois de muita pesquisa e reflexão.
    Parabéns pela qualidade dos artigos do seu Blog.
    Um abraço e continuado sucesso.
    Atenciosamente,
    Marcelo Langoni

    • Eduardo Santana disse:

      Disse tudo meu amigo. Obrigado por tua visita e teu comentário. Quando nós nos deparamos com esse tipo de notícia sempre nos preocupamos com a imagem do MERCADO para que não arranhe. Por isso temos que ser bem criteriosos na escolha de empresa. Muito obrigado por gostar do meu trabalho, isso me motiva a melhorar ainda mais 😀 Abração 😀

  4. Jan disse:

    Olá amigo, tudo bem? Excelente postagem que abordou o assunto sem ofender, denegrir ou criar polêmicas. Seria uma grande covardia da minha parte lhe dizer que não conheço a empresa, na verdade até conversamos sobre isto em outras épocas. A empresa realmente está passando por um momento delicado. Sobre o multinível estamos vivendo uma época em que há diversas empresas com ótimas propostas, cabe a cada um escolher o que lhe agrada mais. E digo que embora haja empresas sólidas, como você mesmo disse “Legalidade, pagamentos de impostos, o serviço prestado, o custo mensal, etc..” nem tudo é um mar de rosas. Ainda haverá pessoas que não conseguirão desenvolver o trabalho e sairão frustadas.

    Excelente artigo Edu, e como vai a parte de cima do Goiás(tocantins), srsrs, aqui ontem caiu uma chuvinha, Graças a Deus.

    Forte abraço amigo,

    Jan Carle

    • Eduardo Santana disse:

      Ola amigo Jan! 😀 Obrigado e fico feliz que tenha gostado. 😀 Você definiu bem o que acontece no nosso mercado. E quanto a chuva meu amigo.. Xííííí.. Isso é lenda aqui no Tocantins.. kkk Abração e obrigado mais uma vez 😀

  5. O grande problema que essas empresas vem usando o nome do mmn e suja todo o trabalho feito pelas empresas honestas.

  6. Marques disse:

    Olá Eduardo, excelente artigo, e muito esclarecedor. Fico pensando como ainda tem pessoas que ao invés de divulgar produtos já consolidados no mercado, ou investir na criação de um negócio próprio na internet ainda perdem tempo com essas maracutaias. Trocar dinheiro de verdade por dinheiro de “mentirinha”. Ridículo isso.

  7. Rodrigo disse:

    Olá Eduardo passei para conhecer seu blog ele é muito maneiro com excelente conteúdo gostaria de parabenizar pelo seu trabalho e desejar muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e de seus familiares
    Um grande abraço e tudo de bom

    • Eduardo Santana disse:

      Muito obrigado amigo Rodrigo. Fico muito feliz e motivado a trabalhar com mais qualidade ainda. Obrigado mesmo. Abração 😀

  8. Olá amigo Eduardo,

    Depois deste artigo estou mais convicto da sua competência e conhecimento sobre o mercado de marketing de rede.

    Parabéns por abordar com clareza o assunto se ofender a ninguém, isto é uma arte nos dias de hoje.

    Grande abraço!

    • Eduardo Santana disse:

      Muito obrigado amigo Fabio 😀 Hoje ofender para puxar sardinha pro negocio da pessoa ta dando dinheiro.. Mas e amanhã? Eles não consideram o fator credibilidade e o marketing de atração;) rsrs Abração

  9. Antonio Alves Jr. disse:

    Olá Eduardo,

    Não entrei na Mister Colibri porque não achei um negócio muito sustentável e o fato de assistir vídeos não é o suficiente para o anunciante adquirir clientes. Isto é, a publicidade não acontece de maneira natural.

    Abraços

  10. leandro disse:

    colibri com estes tal de lps que eles criaram sua propria moeda, ninguem mais tava querendo desenvolver este marketing, tava na cara que uma hora a bomba ia estourar. Pena que ainda tem pessoas ingenuas que acreditam nestas empresas por serem novatos no mundo do mmn.

  11. Marco Blohem disse:

    Nesse exato momento estão surgindo “grandes oportunidades”, para se entrar no início e ganhar “muito dinheiro”. O pessoal não aprende mesmo.

  12. Cursos Online disse:

    Parabéns, muito bom o seu artigo, espero que muitas pessoas tenham a oportunidade de aprender mais sobre o assunto abordado.

  13. Otávio disse:

    Complicado, estes negócios de Marketing de Rede têm muito potencial, mas de vez em quando aparecem alguns negócios que servem apenas para tirar dinheiro da gente. Difícil distinguir quem é quem.

  14. Daniel Lima disse:

    Você sabe de algum curso de mkt digital voltado para o mkt multinível para indicar?

    Abraços