Marketing Digital

Dropshipping – Ainda é lucrativo trabalhar com importação?

A Grande febre da importação teve inicio em 2008, quando o sistema de dropshipping (é como se chama a modalidade de negócios em que você vende alguma coisa sem ter realmente a mercadoria em estoque, apenas intermedia a negociação) foi explorado no Brasil. Principalmente com  celulares, e quem escolheu esse segmento na época hoje tem uma pequena fortuna em suas contas bancárias!
Hoje não é incomum você encontrar umas 100 páginas do Google com mini-lojas oferecendo esse serviço,  e é aí que surje a questão:
– SATUROU O MERCADO DE IMPORTAÇÃO?
Resposta: NÃO! (simples né?)
Por que eu disse não?
Talvez seja do seu conhecimento, ou talvez não, mas o mercado de importação não se resume apenas a Celular e netbooks.
Hoje tem “N” tipos de “onda” para pegar, como por exemplo:
– ROUPAS
-EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS
– BOLSAS
– CALÇADOS
– ELETRÔNICOS (câmera espiã, câmeras e filmadoras digitais, CELULARES, etc…).
E porque eu estou falando disso?
A medida que o tempo passa, ficam mais estreitas as relações comerciais com o exterior, e quem tem acesso a essas informações, em pouco tempo estará com uma renda bem interessante!
Mas talvez esse seja um mercado novo para você, e talvez não saiba das vantagens e das desvantagens desse mercado. Ou talvez ja tenha alguma experiência, mas precisa de mais detalhes para se sobressair em cima da concorrência.
Você pode pesquisar melhor sobre isso em sites de buscas, ( podendo até se dar bem, mas  correndo o sério risco de cair nas mãos de golpistas e picaretas que vão sumir com seu dinheiro), ou fazer um investimento mínimo para receber todas as informações que vai precisar por um valor tão baixo que parece piada! Você vai ganhar dinheiro de 2 formas:
– Colocando em prática o que será ensinado;
– Revendendo as informações recebidas.
 Agora, se quiser conhecer um treinamento que realmente vai te ajudar a trabalhar com importação de forma legalizada e segura, conheça a Academia do importador

Tenho certeza que você vai se surpreender com o conteúdo! Abraços e até a próxima!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

CommentLuv badge

13 Comentários

  1. Caio Ferreira disse:

    Eu sou criador do comoimportardachina.com, o primeiro site a oferecer a idéia de ganhar dinheiro com importação.

    E concordo com você, o mercado está longe de estar saturado…

    Inclusive acho que enquanto tiver gente comprando vai ter gente vendendo direto da china..

    Abraços

    Caio Ferreira

  2. josé disse:

    Estou vendendo no mercado livre faz 7 meses, até que as vendas vão bem, eu até queria vender em Dropshipping, mas alguns fatores me impediram: muitos comprar sem ler o anúncio que falao prazo de entrega de 20 a 45 dias, se o produto demora muito, alguns compradores abrem reclamação, aí é o pior o ML devolve o dinheiro ao comprador que ainda vai receber o produto pois ja havia sido enviado da china, vai ficar com o dinheiro e o produto, e o vendedor do dropshipping sem nada, só no prejuizo. Se o produto vier com problema, quem vai trocar, geralmente não compensa enviar de volta para outro país, e olha que é bem comum produto vir com problemas, provavelmente o comprador vai abrir reclamação no ML e novamente o prejuizo vai ficar com o vendedor. Eu vi algumas ualificações de vendedores que fazem drops no mercdo livre, as qualificações são horriveis, muitas negatvas e muitas neutras, além de que vai ter gente toda hora te ligando querendo sabe sobre o produto, rastreio, porque ta demorando. Caso mesmo assim consiga sucesso no drops, ainda a margem de lucro é baixa pois muitos vendedores do ML colocam o preço bem baixo para que venda o produto, ja vi até preço de vendedor com estoque mais baixo que vendedor por drops, fora que o produto vai vir e ter grande chance de ser taxado na alfândega, e também há chance do produto nunca chegar, quem compra da china sabe do que eu estou falando. Estes motivos elencados aí acima são os que eu estou lembrando, são muitos eu vi muito mais desvantagem do que vantagem, a maioria dos meus compradores perguntam se eu tenho produto a pronta entrega ou seja em estoque, 97% dos compradores que o produto com rapidez, e no drops não é bem assim, mesmo falando do prazo de 20 a 45 dias, costuma ser as vezes 70 dias ou até mais, principalmente no fim de ano. Essa é minha opinião que sempre quis vender por drops, mas fui ler bastante e pesquisar com vendedores que fazem isso, e pude perceber que pelo menos para mim não é viável.

    • Uau! Muito obrigado pelo comentário amigo José! Isso mostra que realmente nem tudo é um “mar de rosas” como pintam. Eu ja trabalhei com o “drop” para uso pessoal, talvez por isso que eu não tive dor de cabeças. Tem que acredite que a “nova safra” de fornecedores estão mais ágeis e de acordo com as leis alfandegárias. Mas claro, tudo vai de pessoa para pessoa. Mas o seu comentário eu vejo que é verdadeiro e vale deixar registrado para muitos que se interessarem nesse mercado, dar atenção a detalhes muito bem apresentados por você! Obrigado mesmo! 😀

  3. Na minha opinião importar da china é muito lucrativo ainda, o Dropshipping ainda é muito lucrativo, mas o fato é que devemos saber onde iremos trabalhar com o Drop, por exemplo, no mercado livre foi proibido em 2015 e estão caçando muitas pessoas que ainda o fazem, o melhor nesse caso é fazer em sua própria loja virtual, tem algum curso bom que ensine como ganhar dinheiro com Drop criando uma loja virtual? Recomenda algum?
    Julia da Silva postado recentemente…O Samir Campos é Confiável? [DESCUBRA A VERDADE]My Profile

  4. Márcio disse:

    Olá, concordo que o mercado não está saturado, pois hoje as pessoas despertaram para a oportunidade de conseguir itens de marca pagando menos de 30% do que pagam no Brasil.

  5. marcos disse:

    Olá tudo bem? Apesar de estar iniciando nesse mercado e não conhecer muito do assunto também acredito que esse mercado não está saturado não e também é muito promissor, porque cada ano que passa as coisas ficam mais difíceis no brasil e as pessoas buscam alternativas para poder sobreviverem as crises.

  6. Francisco disse:

    Muito bom seu post. As pessoas precisam saber que importação nunca fica saturado, sempre existirá alguma coisa a importar.

  7. Cleber disse:

    Agora com a queda do dolar vamos aproveitar. Muito bom o texto

  8. Filipe disse:

    Realmente importar é uma das formas de começar a empreender em negócio próprio. E com certeza existe varias artigos ensinando sobre o tal assunto.

  9. Johnny disse:

    Muito bom o artigo bem esclarecedor, acredito que esse mercado de importação irá crescer bastante aqui no Brasil.

    Para quem quer ter um renda extra e uma possível migração de empregado para empreendedor é um bom começo esse mercado de importação.